sexta-feira, 19 de setembro de 2014

MA: O assédio moral e a falta de ética no Banco do Brasil

Após o episódio envolvendo o presidente do Banco do Brasil com a Receita Federal neste mês, o SEEB-MA repercute carta enviada por bancários do Escritório Private Salvador denunciando a falta de ética e o assédio moral que imperam no BB. 

Ascom/SEEB-MA

Um desabafo que retrata o nível de perseguição, constrangimento e humilhação a que são submetidos os empregados do banco. Não só na Bahia, mas no Maranhão e em todo o país. 

Na carta, os bancários relatam a pressão, as ameaças de descomissionamentos, as piadas jocosas, além de outros abusos constantes praticados pelos administradores do Escritório Private.

As principais vítimas têm sido os assistentes e os gerentes de relacionamento. Muitos deles têm vivido à base de remédios, enquanto outros têm pedido descomissionamento devido ao clima insuportável no ambiente de trabalho. 

O SEEB-MA repudia a conduta da direção do Banco do Brasil, que vive cobrando de seus empregados o cumprimento do Código de Ética da instituição, mas, no entanto, é a primeira a ignorá-lo, seja com o assédio, seja com outras práticas suspeitas e repugnantes, como a constatada pela Receita Federal. Confira a carta na íntegra.

(fonte, acesso em 19/09/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário