terça-feira, 2 de setembro de 2014

PA: Sindicato realiza conferência sobre assédio moral e insalubridade

Ameaças, perseguição e rigor excessivo, dentre tantas outras formas de assédio moral, infelizmente fazem parte do cotidiano de muitos servidores públicos.

O assédio moral se tornou um mecanismo de submissão dos servidores à determinadas políticas implementadas nos órgãos. Há servidores que são pressionados por seus chefes a trabalhar acima de suas cargas horárias ou além de suas obrigações como forma de tapar o buraco do déficit de servidores públicos, a realizar trabalhos de outrem, ou mesmo a praticar ou fazer vistas grossas à atividades irregulares. 

Outro grande problema enfrentado pelos servidores é a questão da insalubridade. A precarização e o sucateamento do serviço público intensificam esse problema, pois as jornadas extenuantes e a estrutura precária dos ambientes de trabalho (falta de cadeiras adequadas, elevadores quebrados, centrais de ar-condicionado contaminados com bactérias e fungos, dentre outros) levam ao adoecimento de muito servidores. Há também os casos em que a atividade exercida por si só significa um risco à saúde como aquelas em que o servidor trabalha com o manuseio de agentes biológicos (como no Instituto Evandro Chagas). Nesses casos, é previsto em lei que o servidor receba um adicional de insalubridade, ou seja, uma quantia extra de dinheiro que é adicionada ao seu salário. O problema é que muitos servidores que trabalham de desempenham atividades como essas não recebem ou tiveram seu adicional de insalubridade cortado.

Visando a conscientização dos servidores em torno destes temas, o Sintsep-Pa realizará na próxima sexta-feira, dia 5, uma conferência estadual sobre assédio moral e insalubridade. Segundo o coordenador geral do Sintsep-Pa, Cedício Vasconcelos, a Conferência pretende ser um espaço não somente de discussão, mas também de articulação e organização da luta dos servidores contra o assédio moral: “Trata-se de problemas existentes em todos os órgãos – e não de casos isolados - que em grande parte têm relação direta com a política de precarização do Serviço Público Federal implementada pelo governo Dilma. Por isso é preciso mobilizar todos os servidores em torno desta pauta” .

A Conferência será aberta a todos os servidores públicos e a presença deve ser confirmada por e-mail (secretaria@sintseppa.org).

Programação:

8h - Abertura

8h30 Mesa I - Assédio Moral no Serviço Público Federal

Participam:

- Marco Apolo Santana Leão - Advogado do Sintsep-PA

- Silvia Letícia Luz - Dirigente Licenciada da Unidos Pra Lutar

- Valdilene Souza - Psiquiatra do Min. da Saúde

10h - Intervalo

10h30 Mesa II - Segurança no Trabalho e Insalubridade no Serviço Público Federal

- Fernando Molento - Tecnologista, Responsável pela gestão de Resíduos no IEC.

- Pedro Cavalero - Advogado do Sintsep-PA

Conferência Estadual sobre Assédio Moral e Insalubridade

05 de setembro de 2014 das 9h às 12h

Auditório do Centro Educacional Sagrada Família
BR-316, Km 06 – Castanheira, Belém – Pará

(fonte, acesso em 02/09/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário