quinta-feira, 25 de setembro de 2014

PR: Bancários de Campo Mourão denunciam call center clandestino no BB

O Sindicato dos Bancários de Campo Mourão e Região, no interior do Paraná, denunciou ao Ministério Público do Trabalho (MPT) a prática irregular do serviço de call center no terceiro pavimento do prédio da agência do Banco do Brasil, o que representa uma central clandestina de teleatendimento.

A mando da Superintendência, funcionários (gerentes, assistentes e escriturários) da agência e de agências da região são deslocados para essa central clandestina, a fim de, por telefone, ofertar créditos, vender produtos e serviços do banco aos clientes.

Além do desvio de função, o local onde se dá a prestação dos serviços é insalubre e os equipamentos e mobiliário não atendem as normas da NR-17 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Segundo a denúncia do Sindicato, na ânsia de cumprir as metas abusivas impostas pelo BB, adotam-se práticas que expõem a saúde e a integridade física dos trabalhadores e, ainda, comprometem o atendimento nas agências, que já sofrem com o quadro reduzido de funcionários.

O Sindicato está de olho. Caso algum funcionário da região seja convidado ou convocado a participar do serviço de teleatendimento, ele deve denunciar imediatamente à entidade.

Outra denúncia feita pelo Sindicato ao MPT envolve a prática de assédio moral, alteração/cancelamento de férias, avaliação de desempenho e outros desmandos efetuados pela administração da agência de Campo Mourão.

Seeb Campo Mourão

(fonte, acesso em 25/09/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário