domingo, 7 de setembro de 2014

PR: SINDIJUS-PR oferece assessoria jurídica aos sindicalizaados que sofrem assédio moral

O Sindijus-PR proporciona Assessoria Jurídica aos seus sindicalizados que sofrem assédio moral. O atendimento é prestado pela advogada Rosangela Ziliotto, e acontece nas terças-feiras das 9 às 17 horas, na sede urbana do Sindicato, localizada na Rua David Geronasso nº 227, bairro Boa Vista, em Curitiba.

Os servidores podem agendar suas consultas pelo telefone (41) 3075-5555 com a funcionária Tatiana. Já os filiados do interior poderão fazer suas consultas via telefone, sempre nos dias e horários informados acima. Quando a situação exigir, a Dra. Rosangela poderá se deslocar até a comarca ou ao local de trabalho onde estiver ocorrendo o problema.

Segundo José Roberto Pereira, coordenador-geral do Sindijus-PR esse atendimento específico, se deu em virtude do grande número de reclamações que temos recebido dos servidores. “Sabemos que o assédio moral leva o servidor à depressão, stresse e outras enfermidades. Na maioria das vezes, ele acontece de juízes em relação aos seus subordinados, mas há casos também que ele ocorre entre os próprios trabalhadores, por exemplo, quando um ocupa cargo de direção ou chefia”, esclarece José Roberto.

CARTILHA

O Sindijus-PR disponibiliza também a categoria, a cartilha“Chega de Assédio Moral”, uma publicação própria. A cartilha faz parte de ampla pesquisa sobre o tema no judiciário e ela projeto visa informar a prática abusiva que atinge os servidores.

Apresenta esclarecimentos sobre o conceito de assédio moral, os comportamentos típicos que o caracterizam e orienta os procedimentos a serem adotados nesse tipo de situação. Para o Sindijus-PR, manter a categoria bem informada sobre seus direitos é uma das principais preocupações.

(fonte, acesso em 07/09/2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário