quinta-feira, 23 de julho de 2015

Japão: Saizeriya é processado por caso de assédio sexual e suicídio de funcionária

A famosa rede de restaurante italiano Saizeriya, conhecida e muito frequentada pela comunidade estrangeira no Japão, foi processada por ser a causa do suicídio de uma funcionária.

Por Kawatoko / Portal Mie - Fuji TV FNN

O caso ocorreu em dezembro de 2014, quando uma moça de 20 anos se enforcou dentro de seu apartamento.

Desde abril de 2013 ela trabalhava num restaurante da rede do Saizeiriya e sofria abuso sexual de seu chefe. Sem limites, o subgerente que era casado e tinha filhos entrou no apartamento da jovem e a obrigou a ter relações sexuais em setembro de 2014.

A jovem tentou cortar as relações com o seu chefe, que então fez uma proposta de se suicidarem juntos.

Os familiares da jovem decidiram processar a rede, que não tomou as devidas medidas, e o subgerente da loja, numa indenização milionária de 100 milhões de ienes no Tribunal de Tóquio.

Já o Saizeriya evitou comentários, afirmando que ainda não recebeu em mãos o processo.

(fonte, acesso em 23/07/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário