domingo, 19 de julho de 2015

PB: Sindicato denuncia Samu por assédio moral, falta de profissionais e condições de trabalho

O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC) encaminharam esta semana uma denúncia ao Ministério Público relatando o pedido de 13 demissões de servidores do SAMU por assédio moral.

Por Diário do Sertão com Blog do Adjamilton

A denúncia relata também que na unidade do SAMU local faltam profissionais, os equipamentos são escassos e as condições de trabalho são precárias. 

Conforme a denúncia do SINFUMC, as informações chegaram ao sindicato por meio de servidores da saúde. O documento foi encaminhado ao promotor de Justiça da 4ª Vara da Comarca de Cajazeiras, Pedro Henrique.

Outro lado

Procurada pela reportagem do Diário do Sertão, a advogada do Samu, Catharine Rolim disse que a unidade não foi notificada e, portanto, não vai se pronunciar oficialmente. Entretanto, a advogada disse que está disponível para fazer os devidos esclarecimentos.

(fonte, acesso em 19/07/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário