terça-feira, 21 de julho de 2015

SP: Funcionários da Band ameaçam entrar em greve por assédio moral

A Bandeirantes vive um clima de tensão em seus bastidores desde o último dia 9.

Por Gabriel Souza / TV Show

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo TV Show, funcionários da emissora, especialmente os que tem relação contratual com o programa “Pânico na Band”, estão prestes a declarar estado de greve devido a um suposto assédio moral cometido por Alan Rapp, diretor do dominical.

Durante a gravação da estreia do quadro “Pior não fica”, do humorista Tiririca, Alan teria perdido o controle e começado a gritar com produtores da atração e funcionários do departamento de operações da emissora, disparando frases ofensivas e repetindo inúmeras vezes que todos que estavam ali eram incompetentes.

A fonte ouvida pelo portal afirma que não é a primeira vez que isso acontece e que a diretoria geral da emissora, ocupada atualmente pelo argentino Diego Guebel, é conivente com a situação. Diante disso, um grupo de funcionários optou por avançar nas denúncias e protocolou uma ocorrência no Sindicato dos Radialistas de São Paulo. Vale lembrar que o “Pânico” é a segunda maior audiência da Band em São Paulo, com média anual de 5 pontos. No último domingo, o programa teve seu melhor desempenho do ano e ficou em terceiro lugar isolado com 5.9 de média e máxima de 9, contra 5.8 da Record. A Globo ficou na liderança com 18.5 e o SBT em segundo lugar com apenas 10.8.

Consultada, a assessoria do Sindicato dos Radialistas confirmou a denúncia e informou que está tomando as providências cabíveis quanto ao ocorrido. A reportagem entrou em contato com a assessoria da TV Bandeirantes por e-mail, às 9h54, e por telefone, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

(fonte, acesso em 21/07/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário