segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Canadá: Funcionária processa presidente do comitê do Pan por assédio sexual

Uma funcionária do comitê organizador dos Jogos Pan-Americanos de Toronto processou por assédio sexual o presidente do conselho de administração da organização, David Peterson, conforme informou a imprensa local nesta sexta-feira.

Por ESPN.com.br com agência EFE

Ximena Morris, que trabalhou em diversas áreas de gestão do comitê organizador, alega que Peterson a assediou sexualmente várias vezes e que seus superiores não fizeram nada para defendê-la. A funcionária exige uma indenização no valor de 10 milhões de dólares canadenses (R$ 26,5 milhões).

Além de Peterson, o processo menciona o executivo-chefe da entidade, Saäd Rafi; o diretor de recursos humanos da organização, Karen Hacker; e o vice-presidente de relações exteriores, Amir Remtulla. O comitê negou as alegações apresentadas por Morris.

(fonte, acesso em 17/08/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário