segunda-feira, 31 de agosto de 2015

SC: Fórum comemora aprovação de projeto contra assédio moral e sexual em Brusque

O Fórum de Entidades Sindicais de Trabalhadores de Brusque e região se reunir ordinariamente na manhã de quarta-feira, 26 de agosto. O encontro aconteceu na sala de reuniões do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb).

Por Assessoria de Imprensa - Sintricomb / Foto divulgação

Um dos assuntos debatidos pelos sindicalistas foi a aprovação pela Câmara Municipal do projeto de lei que visa coibir a prática do assédio moral e sexual no âmbito do serviço público municipal. A proposta foi aprovada em primeira análise pelos vereadores esta semana. Projeto que teve apoio direto do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brusque (Sinseb), também integrante do Fórum.

“O assédio moral é muito grande no serviço público. No sindicato, todos os dias têm dezenas de casos e é algo que vem crescendo no dia a dia. Percebemos que, de uns cinco anos para cá, só tem crescido a reclamação do servidor em relação a isso”, comenta a vice-presidente do Sinseb, Tânia Popermayer. Ela frisa que são situações difíceis de detectar, mas que a existência de uma legislação sobre o tema pode auxiliar.

A presidente do Sintrivest, Marli Leandro, que também é vereadora, lembrou que os casos de assédio moral podem existir de duas formas: na vertical, do chefe para o subordinado, e na horizontal, de colega para colega. “Tem que tomar muito cuidado, as relações de trabalho precisam ser harmoniosas e precisa haver um equilíbrio entre chefes e subordinados para que o trabalho seja algo harmonioso”, pontua ela, lembrando que a aprovação o projeto é uma luta que vem de anos e que outras tentativas de se consumar a proposta já foram feitas em legislaturas passadas. Inclusive quando ela esteve na condição de suplente por um mês naquela casa.

Fórum participará de evento nacional

Outro Assunto tratado na reunião é a participação do Fórum em evento nacional, que acontecerá no mês de outubro em Foz do Iguaçú (PR). Segundo o coordenador do Fórum, Izaias Otaviano, o encontro vai debater temas relacionados ao movimento sindical trabalhista em âmbito nacional, principalmente em relação aos direitos da classe que estão sob ameaça no Congresso Nacional.

“Será um evento em que teremos as lideranças do Sul do Brasil, em que se fará debate em torno de dez temas que vem prejudicando os trabalhadores de forma geral”. O evento ocorrerá nos dias 2 de 3 de outubro.

(fonte, acesso em 31/08/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário