segunda-feira, 24 de agosto de 2015

SP: Fitert e Sindicato de SP cobram reunião sobre assédio moral na Band

As diretorias da Fitert e do Sindicato dos Radialistas de São Paulo protocolaram no último dia 18 solicitação formal de agendamento de reunião com a direção do Grupo Bandeirantes, "com a máxima urgência", para tratar da denúncia de assédio moral praticado pelo diretor do programa 'Pânico da Band', Allan Rapp, contra trabalhadores.

Por Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão - FITERT

No ofício, as entidades ressaltam que têm "responsabilidade na organização dos radialistas brasileiros, na luta para que todos trabalhem em um ambiente com saúde e segurança em certeza do cumprimento das normas e dos princípios estabelecidos na legislação que norteia as relações de trabalho em nosso país, não sendo possível aceitar que, em pleno século XXI, uma empresa permita práticas abusivas e absurdas contra os profissionais".

O sindicato e a Federação também destacam "uma tendência mundial no sentido de criminalizar o assédio moral".

Tendo em vista a denúncia acima citada e diversas outras já levadas ao conhecimento do sindicato e da Federação no interior da empresa, é urgente que esta reunião aconteça. Sob pena do Grupo Bandeirantes ser co-responsabilizado pelo adoecimento de seus trabalhadores e pelo descumprimento das legislações de proteção aos direitos humanos.

(fonte, acesso em 24/08/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário