terça-feira, 6 de outubro de 2015

Canadá: Acusado de assédio, cartola renuncia à presidência do comitê canadense

Investigado por assédio sexual, Marcel Aubut renunciou ao cargo de presidente do Comitê Olímpico do Canadá (COC). No posto desde 2010, o ex-dirigente da NHL, a liga profissional americana de hóquei, teria assediado três funcionárias do COC. Duas deles se manifestaram logo após a primeira moça ter acusado o cartola de 67 anos de idade. Com a saída de Aubut, a ex-remadora Tricia Smith, medalhista olímpica de prata em Los Angeles 1984, assumiu interinamente a presidência do Comitê Olímpico do Canadá (COC).

Por GloboEsporte.com / Foto AP

- Eu anuncio que estão saindo do cargo de presidente do Comitê Olímpico do Canadá, pelo qual eu me dediquei nos últimos dez anos da minha vida com toda a minha energia - escreveu Aubut em uma nota oficial publicada no último sábado, lembrando também dos cinco anos em que ele foi membro do conselho do COC.

Por conta da renúncia de Marcel Aubut, o COC pretende encerrar a investigação que havia sido aberta para apurar as denúncias das três supostas vítimas. Porém, de acordo com a imprensa canadense, o caso pode ganhar os tribunais.

Nas Olimpíadas do Rio 2016, o Canadá tentará melhorar a sua campanha em relação aos Jogos de Londres 2012, quando o país ficou apenas na 36ª colocação do quadro de medalhas, com um ouro, cinco pratas e 12 bronzes, um total de 18 medalhas.

(fonte, acesso em 06/10/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário